Categoria: Institucional
Publicado em 4 abril 2018 Visitas: 758
Assembleia Municipal não aprova acordos de execução

Na Assembleia Municipal de 3 de abril, a oposição obstaculizou e inviabilizou a aprovação dos acordos de execução e interadministrativos a vigorar no mandato de 2017 a 2021.

Com esta tomada de posição, a Junta de Freguesia de Corroios deixa de ter os meios financeiros necessários para realizar os trabalhos resultantes dos acordos com a Câmara Municipal do Seixal. Quem fica a perder é a população, deixando a Junta de executar:

  • Reparações nas Escolas EB 1.º Ciclo;
  • Reparações de mobiliário urbano;
  • Reparações de calçada;
  • Colocação de pilaretes.

Temos orçamento da Junta de Freguesia para o ano 2018 com as seguintes verbas:

  1. Receitas próprias da Junta: 57,01% (923.000€);
  2. Orçamento Geral do Estado (FFF): 19,76% (319.000€);
  3. Acordos de execução e interadministrativos: 21,28% (359.000€).

Vamos apenas executar os seguintes trabalhos:

  1. Atestados de Residência;
  2. Provas de Vida;
  3. Licenciamento de canídeos e gatídeos;
  4. Iniciativas próprias da Junta de Freguesia que são fontes de receita: (*)
  1. Feira do Fumeiro;
  2. Feira do Chocolate;
  3. Feira Medieval;
  4. Mostra Mensal de Atividades Económicas.

e. Festas de Corroios (As receitas cobrem as despesas, não obtendo a Freguesia qualquer dividendo financeiro. São uma mais valia para o tecido empresarial, comércio local e feirantes).

* É com estas iniciativas que obtemos os 57,01% do total do orçamento da Junta.