Google Play App Store

Categoria: Cultura
Publicado em 5 julho 2017 Visitas: 727
Aniversário do Clube Associativo de Santa Marta do Pinhal

O Clube Associativo de Santa Marta do Pinhal (CASMP) assinalou o 8.º aniversário. Foi em junho de 2009 que o clube deu os primeiros passos com a apresentação pública, no Jardim de Santa Marta do Pinhal.

O CASMP promove atividades culturais, nas quais o Grupo de Cantares Populares Os Rouxinóis assume destaque. A nível desportivo, realiza caminhadas, futsal, atletismo, zumba e BTT. A coletividade mostra grande dinâmica, tem 1050 sócios e 500 atletas. O clube tem desenvolvido igualmente projetos solidários como é o caso da Martinha Solidária, campanha de angariação de bens, apoiada pela Marinha Portuguesa, em que foram angariadas várias toneladas de materiais enviados para países lusófonos.

As comemorações arrancaram dia 1 de junho e terminam no dia 1 de julho e integram bailes, música e desporto. É pois com a animação de espaços públicos que o clube assinala o aniversário. Este ficou ainda marcado pela sessão solene, dia 5 de junho, no Jardim de Santa Marta do Pinhal.

Rogério Nogueira, presidente do CASMP, referiu «o contributo de todos para o crescimento. Estamos orgulhosos do que conseguimos, tendo em conta as infraestruturas de que dispomos». Falou sobre as comemorações que duram cerca de um mês, «um momento de afirmação do que somos. Um projeto possível devido ao apoio de parceiros, incluindo a Junta de Freguesia de Corroios e a Câmara Municipal do Seixal». Quanto ao futuro, a expectativa passa pela construção da sede social. Um sonho que «está cada vez mais perto de ser realizado». Nesse sentido agradeceu o apoio das autarquias locais.

Eduardo Rosa, presidente da Junta de Freguesia de Corroios, frisou «o dinamismo do clube que «não baixa os braços e continua a reivindicar a cobertura do polidesportivo. Ainda por cima, numa freguesia onde não existem pavilhões desportivos escolares, já que o Governo se demitiu das suas competências». O autarca enalteceu «um clube que soube envolver quem veio viver para esta zona».

Para José Carlos Gomes, vereador da Câmara Municipal do Seixal, este é um projeto cultural e desportivo, essencial para a urbanização de Santa Marta do Pinhal. «O CASMP tornou-se uma referência na freguesia e no concelho. Por parte da autarquia, existe total disponibilidade para em conjunto se encontrarem as melhores soluções para o clube». Lamentou ainda a falta de apoio a que o movimento associativo está votado pela Administração Central que trata os clubes como se fossem entidades empresariais ao cobrar 23 por cento de IVA.

Uma das suas aspirações do clube é a construção da sede social e José Carlos Gomes, Vereador da CM Seixal, anunciou que esta «está perto de ser solucionada.

Ainda em junho, será aberto concurso público para a empreitada de construção». Falou ainda sobre a Escola Básica de Santa Marta do Pinhal que abrirá no próximo ano letivo, um investimento assumido pela Câmara Municipal do Seixal e que «facilitará a vida a Santa Marta do Pinhal».